Oficina de Reportagem

 48h
Inscrever-me

Objetivos
Concluída a ação, os formandos deverão ser capazes de:
– Aplicar as regras deontológicas que regulam o exercício da atividade jornalística;
– Definir a noticiabilidade dos acontecimentos, segundo critérios de avaliação jornalística;
– Pesquisar e recolher informação junto dos diversos tipos de fontes, comprová-la e selecioná-la, com vista a produção posterior de reportagens;
– Cumprir as regras da escrita jornalística e do fotojornalismo, nos aspetos formal e estrutural, tendo em conta as especificidades da execução de reportagens;
– Compreender como atuam os jornalistas na sua prática profissional, no contexto das diferentes fases produtivas da Imprensa.
Material de Apoio / Metodologias
0 curso preconiza a adoção de métodos ativos, adequados ao envolvimento dos formandos em atividades e tarefas semelhantes às que efetuam no exercício do jornalismo profissional.
A ação de 48 horas decorrerá em sessões teórico-práticas (iniciais), em que será utilizado o método expositivo para a transmissão dos conteúdos programáticos sobre as regras da escrita e da imagem em reportagem e prática simulada através da cobertura no terreno para possibilitar a produção e analise das peças, em que se articularão textos e imagens, para operacionalização dos conhecimentos.
Os trabalhos da ação requerem o recurso a sala com equipamento informático adequado, acesso à Internet e a informação da Agência Lusa, projetor de vídeo e quadro branco, bem como documentação fornecida pelos formadores.
Conteúdos programáticos
O que é a reportagem. O repórter como testemunha da realidade;
A reportagem como género jornalístico de natureza informativa;
A preparação da reportagem; o ângulo de abordagem;
O trabalho no terreno. Recolha de dados: viver para fazer viver;
Captar imagens significativas e informativas;
Escrita da reportagem: linguagem e planos narrativos; a descrição, “sal” da narração;
A abertura; a importância do arranque; “picos” de interesse; o fio condutor; o fecho;
A organização em blocos; o uso do “eu”;
Tipos de reportagem e especificidades dos principais tipos. Editar as imagens-chave de uma colheita abundante;
Análise da produção desde a apropriação do tema, do ângulo de abordagem e da preparação de cada reportagem, executada por cada um dos formandos (texto e imagem).
Destinatários
Pessoas que já tenham frequentado um “Ateliê de Imprensa” no Cenjor ou cursos de nível superior na área do Jornalismo ou da Comunicação.
Área de formação
 Jornalismo e Reportagem
Local onde a ação decorre

 Cenjor

 1349 Lisboa

 Rua Alexandre de Sá Pinto, s/n

Período de realização da ação

 A divulgar

Horário
 A divulgar
Preço
100,00 €